Aprenda a fazer mudas com sementes dos vegetais que você consome

Aprenda a fazer mudas com sementes dos vegetais que você consome

Com a desaceleração da economia, aumenta a ansiedade em relação ao orçamento domiciliar e à segurança alimentar. Plantar os próprios alimentos pode auxiliar nesses aspectos, ao reduzir as despesas e diminuir as idas ao supermercado, onde existe maior possibilidade de exposição ao Coronavírus. E o melhor: você pode criar mudas sem sair de casa, usando os vegetais que consome normalmente.

A prática funciona também como uma maneira de passar o tempo durante o período em que sair de casa é desaconselhado. Para quem tem filhos, o plantio pode se tornar uma brincadeira e estimula um tempo longe das telas, em contato com a natureza.

Muitas mudas podem ser criadas usando os vegetais que você tem em casa (veja alguns truques abaixo) e não é necessário ter um pátio ou uma grande área para o plantio. Basta vontade e um pouco de terra ou substrato.


Como fazer mudas a partir de vegetais


Abacate


Lave o caroço e tire a película que o envolve. Coloque a semente com a parte mais plana para baixo em um vaso e encha com terra, sem tapar. Tenha em conta que o abacateiro é uma árvore de grande porte, que deverá ser plantada na terra quando se desenvolver – é ideal para pessoas que vivem em casas com um quintal grande ou em sítios.

Caqui


Limpe e seque a semente antes de plantá-la em um vaso. Faça um buraco equivalente ao tamanho da semente deitada, cubra com substrato ou terra e regue. Para ser mantida em vaso, o ideal é buscar um que tenha capacidade entre 30 e 40 litros e podar a planta com frequência. De outra forma, precisará de espaço assim como abacateiro.

Limão-Cravo


Coloque as sementes em um recipiente com água e descarte aquelas que boiarem. Seque as que afundaram e plante-as em uma sementeira ou vaso pequeno (pode ser caixa de ovo). Para manter em casa, ela pode ser replantada em vasos de 30 a 40 litros e mantida na varanda, se você tiver uma.

Mamão


Lave as sementes e seque em um guardanapo. Depois, basta plantar em um vaso. Quando a muda crescer, será preciso transplantá-la a um lugar com mais espaço, longe de tubulações.

Manga


Abra o caroço com uma faca para retirar as sementes. Plante-a deitada no solo ou em um vaso, fazendo um buraco que seja do mesmo tamanho que a semente. Depois cubra com terra ou substrato e regue com frequência. Lembre-se de que, assim como o abacateiro, a mangueira é uma árvore grande, que precisará de espaço para se desenvolver.

Melancia


Plante as sementes deitadas com uma profundidade que seja equivalente ao seu tamanho. Ela deve ser plantada em canteiros ou em vasos com no mínimo 60 cm de diâmetro.

Melão


Limpe as sementes e retire a película que a envolve com cuidado, para não quebrar a sua ponta mais fina. Depois, coloque-a no substrato afundando levemente essa pontinha, sem cobrir, e regre-a. Pode ser cultivado nas mesmas condições que a melancia.

Morango


Retire as sementes com uma pinça e espalhe-as em um guardanapo úmido. Cubra com outro guardanapo úmido e coloque-as na geladeira até germinar (cerca de uma semana). Quando as primeiras folhas aparecerem, transfira para um vaso e coloque em um lugar que receba sol pelo menos 4 horas por dia.

Pêssego


Quebre o caroço com um martelo e retire as sementes que há dentro dele. Plante-as em um vaso ou no solo, superficialmente. Por se tratar de uma árvore, será necessário transferi-la para um lugar com bastante espaço quando a muda crescer.

Tomate


Retire as sementes e plante-as em uma sementeira (pode ser uma caixa de ovo) ou em vasinhos pequenos. Quando as primeiras quatro folhas aparecerem, transfira para um local em que a planta possa pegar sol pelo menos 4 horas por dia.

Uva


Limpe e seque bem as sementes com um guardanapo. Use uma sementeira e coloque duas sementes em cada buraquinho, depois cubra com substrato. Ao brotar, ela precisará ser guiada com um palito ou haste de madeira – visto que é uma trepadeira, encontre uma superfície que receba bastante sol para que ela possa se apoiar.